Scania lança primeiro caminhão totalmente autônomo sem cabine

cropped-scania-autonomo-capa.jpg

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

A Scania apresentou em Agosto de 2019, na Suécia, o caminhão autônomo conceito AXL. Esse é o primeiro veículo desenvolvido pela Scania que não tem cabine para o motorista e é completamente autônomo, não sendo necessário nenhum tipo de operação por humanos.

Caminhão Scania AXL sem cabine
Caminhão Scania AXL sem cabine

Como funciona o caminhão autônomo?

Com um módulo de alta capacidade de processamento de informação neste caminhão autônomo, o Scania AXL utiliza propulsão biodiesel tradicional em vez de elétrica, sendo otimizado para funcionar 100% com esse combustível renovável.

De acordo com o fabricante nórdico, que pertence ao grupo Volkswagen, alguns clientes já operam caminhões da marca com condução autônoma, mas são modelos comuns com a tecnologia. Nesse caso, estes veículos mantêm o posto do motorista inalterado, podendo assumir o controle para outras funções.

No caso do Scania AXL, essa opção não existe, assim como no concorrente, Volvo Vera Concept, que também dispensa o condutor, só que muito mais compacto e para operações rodoviárias.

De acordo com a Scania, apesar de não ter cabine, o modelo mantém as características tradicionais de design, robustez e potência da montadora. O design também segue o padrão de um veículo normal, sem muitas alterações, mesmo com a falta da cabine.

O design não apresenta mudanças significativas dos modelos tradicionais
O design não apresenta mudanças significativas dos modelos tradicionais

No lugar da cabine, o Scania AXL tem uma série de componentes eletrônicos e diversos sensores que fazem todo o monitoramento para a direção autônoma do veículo.

O veículo roda utilizando câmeras, radares, laser LiDAR e um sistema de GPS de alta precisão, para operar em locais como as minas, onde a segurança é uma questão crucial para evitar acidentes fatais.

O Scania AXL, inicialmente, será utilizado somente em ambientes muito bem controlados, como espaços de coleta de minérios, que tem um sistema de tráfego muito bem controlado, e com mais previsibilidade e monitoramento.

O modelo será inicialmente utilizado em ambientes controlados
O modelo será inicialmente utilizado em ambientes controlados

Segundo a empresa sueca, a atuação nesses lugares é facilitada por ter um sistema de logística já definido, que informa ao veículo como a tarefa deve ser executada.

Depois dos veículos elétricos, a condução autônoma está em um futuro muito próximo, como a próxima evolução automotiva, embora contestada por muitos especialistas em tráfego, a tecnologia parece não ter volta, dado o grande investimento feito pelos fabricantes de carros, caminhões e ônibus.

Por ora, parte desse futuro sistema sem condutor é usado para auxilia-lo em viagens longas, como o controle de cruzeiro preditivo, já disponível até no Brasil.

No ambiente urbano, os fabricantes de caminhões e ônibus também focam na mobilidade usando tecnologias como o laser LiDAR, usado no Scania AXL, e em carros como o Volkswagen ID.3 mais adiante, por exemplo.

Qual a sua opinião sobre o futuro do transporte pesado no Brasil e no mundo?

Comente na área abaixo e nos diga o que você pensa a respeito!

Veja também a matéria original no site da Scania.

Qual a sua opinião sobre esta matéria?

Você também pode gostar

Publicado por

O que você está procurando?

Siga nossas redes sociais

Categorias do blog

Sucesso!

Seu cadastro foi finalizado com sucesso!
Aguarde novidades da LDP Peças em seu e-mail.